segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Orgulho e Preconceito - Dúvidas


"Elizabeth não pode deixar de observar, conforme ela se voltava para alguns livros de música que estavam sobre o instrumento o quão freqüentemente os olhos do Sr. Darcy estavam fixos nela. Ela dificilmente sabia como supor que pudesse ser objeto de admiração para um homem tão notável; e ainda que ele pudesse olhar para ela porque a detestasse, isso era mais estranho. Ela apenas podia imaginar, porem, por fim, que atraísse sua atenção porque havia algo ainda mais errado e repreensível, de acordo com as idéias dele sobre o que é certo, do que em qualquer outra pessoa ali presente. A suposição não a machucou. Ela gostava muito pouco dele para se importar com sua aprovação."


Capitulo 10

Um comentário:

Marcos Miorinni disse...

Olá Ana, tudo bem, como foi de Natal e Ano Novo ? Realmente percebi o quanto você gosta de Jane Austen. Muito bom o post principalmente na frase: " Ela gostava muito pouco dele para se importar com sua aprovação." Realmente terrível esta afirmação, me lembrou Rita "Gilda" Rayworth quando reencontra Glenn Ford,ao que este se apresenta novamente e ela afirma " Um nome tão fácil de se esquecer e tão difícil de se lembrar" ufa. Mas enfim, um ótimo início de ano com muita paz e muitas idéias; e que assim permaneça o ano todo,bjs.