segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Orgulho e Preconceito - 1º encontro


A chegada do Sr. Bingley estava agitando a cidade e as moças solteiras, sua renda de 5 mil ao ano era um grande atrativo. Porém ele se mostra uma pessoa simpática e divertida o que se somar maravilhosamente bem a sua renda anual. Seu amigo Sr. Darcy não é visto da mesma maneira pela comunidade local, nem seus 10 mil ao ano o salva de ser tido como arrogante e esnobe. Ele não dança, a não ser com as irmãs de seu amigo Bingley, e pouco fala com as pessoas fora do seu circulo de amizade, ou seja os Bingley.

A conversa a seguir nos mostra como foi o 1º encontro de Lizzy e Darcy.

“... e, virando-se por um momento, ele viu Elizabeth, que cruzou seu olhar fazendo-o retrair o seu, e friamente disse. ‘Ela é tolerável, mas não bela o bastante para me tentar; não estou com humor agora para dar conseqüência a jovens damas que são desprezadas por outros homens. É melhor que você volte para sua parceira e aprecie seus sorrisos, pois esta perdendo tempo comigo.’

O Sr. Bingley seguiu seu conselho. O Sr. Darcy se afastou; e Elizabeth permaneceu sem sentimentos muito cordiais para com ele. Ela contou o fato porém, com muita graça entre suas amigas; pois ela tinha uma disposição vívida e divertida, que tornava aprazível qualquer coisa ridícula.”

(capitulo 3 - parte)

Acho que qualquer mulher ficaria ofendida e indignada com esse comentário a seu respeito. E se tratando de Elizabeth Bennet não é de se admirar que o Sr. Darcy tenha passado a ser o último dos homens em sua opinião.

5 comentários:

Carlos disse...

Ana, a coisa era do mesmo jeito que ainda é hoje para muitas familias. A renda....... caraca.. nada mais atual!!!!1

Márcia Sanchez Luz disse...

Querida, seus blogs estão lindos, viu?
Voltarei mais vezes, com calma, para comentar seus posts.

Beijos em seu coração

Márcia

João da Silva disse...

Muito interessante a apresentação!
Beijos carinhosos!

JOICE WORM disse...

Ai que lindo ficou o Blog, Ana.
Ainda por cima cheguei mesmo a tempo de ver o filme que está metido no meu DVD há meses. Hehe. Não estou a brincar. Já vi Orgulho e Preconceito, mais de trinta vezes. Seja em inglês sem legenda, em inglês com legenda em inglês, com legenda em português, em alemão... Sei lá. É que a autora, a história, a interpretação e principalmente os personagens me deixam hipnotizada... Ai, ai.
Bom, linda, disse que deixava só um beijo, mas deixei mais que isso. Mesmo assim, venho outra vez para ler o que escreveste do "meu" filme. (risos)
Beijos e mais beijos da Joice.

águia_livre disse...

Super interessante. Voltarei com mais tempo.

Vistem um cantinho de pensamentos:

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.com/
.