sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Orgulho e Preconceito - Dança Escocesa


O texto a seguir é motivo de muitas discursão para os fãs de O&P... alguns acham que o Sr Darcy estava tentando menospresar Lissy outros já acham que era uma maneira de conhecer seus gostos...


Para mim ele já estava apaixonado por ela e queria conhece-la melhor. o que vocês acham?

“Você não sente uma grande inclinação, Srta. Bennet, de agarrar tamanha oportunidade de dançar à escocesa?
Ela sorriu, mas não respondeu. Ele repetiu a pergunta, com alguma serpresa pelo seu silêncio.
“Oh”, ela disse, “eu o ouvi antes, mas não pude determinar imediatamente uma resposta. Você queria que eu descesse ‘sim’, eu sei, para que pudesse ter o prazer de desprezar meu gosto; mas sempre me deleito em subverter esse tipo de plano e em zombar de uma pessoa pelo seu premeditado desdém. Portanto, já tenho formada a resposta a lhe dar, que não quero dançar à escocesa de jeito nenhum – e agora, ouse me desprezar.”
“De fato, não ousarei”
Elizabeth, tendo preferido esperar por afrontá-lo, estava surpresa com a sua galanteria; mas havia uma mistura de suavidade e provocação em sua maneira que tornava para ela afrontar qualquer um; e Darcy nunca esteve tão enfeitiçado por qualquer mulher como ele estsva por ela. Ele realmente acreditava que, se não fosse pela inferioridade das relações dela, ele realmente estaria em perigo.


(Capitulo 10 - 2ª parte)

5 comentários:

Rui Luis Lima disse...

Olá Ana Baldner!
Como escrevemos no teu blogue de cinema, só agora descobrimos os teus blogues e gostámos destas letras achocolatadas, onde a Jane Austen, pelos vistos tem lugar de destaque, uma das escritoras da nossa casinha. Paerabéns pelo blogue, iremos passando por aqui.
PS- Conheces o filme "Clube de Leitura Jane Austen"?
Beijinhos
Paula e Rui Lima

Pedrita disse...

eu acho que o darcy representava aquela pessoa que menospreza as convenções e obrigações sociais. além de tímido realmente, acho que ele menospreza os bailes e os rituais sociais da época. e tb por ser muito rico e cobiçado, devia odiar a bajulação e exasperação das famílias em forçá-lo a um "bom" casamento para as suas filhas. beijos, pedrita

ematejoca disse...

Sou da mesma opiniao da Pedrita. Nao era fácil para ele saber, quem queria casar com ele por amor, ou por ele ser um homem rico.

Aceita o desafio, que coloquei no "ematejoca azul"? É fácil, e nao precisa de o levar muito a sério. Adoro estas brincadeiras!

Saudacoes de Düsseldorf!

Depois dos 25, mas antes do 40! disse...

Ei querida, desculpe a demora em vir aqui, mas cá estou para a visitinha de sempre e para te falar como colocar o marcador de visitas. Vai lá no www.statcounter.com

Ele é em inglês e super fácil de operar. Você tem a opção de mostrar o contador no blog ou deixar invisível. Outra coisa é colocar a distância entre as visitas de visitantes úniocos.

Qualquer dúvida que tiver me fala ou me manda um e-mail no flaviamariano2007@gmail.com.

Beijocas e ótima semana

Emily disse...

Eu acredito com plena convícção de que Darcy se apaixonou por Elizabeth desde o instante em que pôs os olhos sobre ela. Lembro-me no momento do baile, quando Darcy entrou no lugar, e ele pôs seus olhos nos dela... E para mim, foi perfeito. Ví que naquele instante, Darcy viu/sentiu algo nela... como se já a conhecesse! Sabe não há como explicar. Ele foi apaixonado por ela desde o momento em que a viu, e... é tão lindo. O amor não há explicações, ainda mais para um sentimento tão forte quanto o de Darcy para Lizzie, como o de Lizzie para Darcy. Simplismente: Eles nasceram um para o outro. Sabe, por um pequeno momento, foi tão mágico! E é uma das primeiras, mais perfeitas e mais lindas partes do filme que amo assistir. Eu a-m-o Orgulho e Preconceito - Darcy&Lizzie <3